Resiliência

Cada sol que eu olharei,
E os ventos que eu sentirei,
E as chuvas que eu passarei,
Ser feliz, não me cansarei.

Cada som, cada sorriso
Cada choro, cada riso,
Cada amor que sem aviso
Tira a paz de um sonho liso.

Se nos dias que eu respiro,
Se eu abro os olhos e admiro,
Tudo expresso num suspiro.

Não me cansarei de ser,
O que de mim quis fazer,
Tudo que pude escolher.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s