Tentei não falar de você

E todo o ano que eu passei dizendo que não gostava de você

Caiu por terra naquele um dia que eu surtei quando vi que era o fim.

Todas as vezes que neguei qualquer sentimento

Se tornaram mentira diante do meu olhar inconformado.

Toda aquela sensação de achar que seria sempre assim

Foi embora quando notei quão frágil era o que tínhamos.

Sinto o vazio do espaço que ainda é seu pulsando,

Querendo saber se já não tem mais volta.

Quase ouço sua voz me chamando daquele jeito só seu,

Aí percebo que sou apenas eu me lembrando

Pior de tudo é que a ideia era apenas escrever mais um poema de amor,

E outra vez escrevi sobre você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s