Confissão para o mundo

Confesso que nunca mais tinha olhado para o céu,
Confesso que não lembrava mais das diversas nuvens,
Confesso que não percebia os tons de azul,
Confesso que esqueci de notar a profundidade das paisagens.

Confesso que só curtia as imagens,
Confesso que apenas admirava as simulações,
Confesso que somente era capaz de ver as coisas obscuramente,
Como em espelho, reflexos do duplo,

Confesso que esqueci o que é o real.

Anúncios

2 comentários em “Confissão para o mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s