Confissão do sentimento indefinido

Confesso que é um sorriso diferente,
Confesso que é um sentimento desengonçado
Esse negócio indefinido que encontramos por aí,
Confesso.

Confesso que é clichê apelar aos tribalistas para descrever,
Confesso que nessa hora acho Camões um exagero,
Confesso que um bom soneto de Vinícius já resolveria
Pra falar dessa coisa que não sei.

Ah, confesso também
Que não é pra resultar em poemas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s