Quando não entendi porque me emocionei

Acordei com uma sensação turva
Rapidamente sabia querer ouvir a sinfonia,
Não entendi porque me emocionei.
Foi quando escutei meu inconsciente
Dizendo que havia algo guardado; que dia é
Hoje? Aniversário de morte não se comemora.

Pesquei por um instante, a vista ficava turva,
Imediatamente sabia querer escrever algo,
Mas veio a ansiedade de não saber como.
É que tem dias que a poesia não fala,
Tem dias que a poesia escuta, um coração
Que se confunde na maneira de amar.

Um comentário em “Quando não entendi porque me emocionei

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s