O produzir é um vício

O produzir é um vício que se aparenta bom,
Ele é a fonte do vetor da produtividade,
Que em somas traz a resultante do sucesso.

O produzir é um vício bem visto,
Pois definiu o que é utilidade e sucesso,
E passou a ser a medida de todas as coisas.

O produzir é um vício que nos prende
À necessidade de estarmos ocupados
E justificar-nos de nossa ausência dos outros.

O produzir é um vício que revela
Qual a moeda de troca do atual ser humano,
A qual dá-se no tempo mediante a perda.

O produzir é um vício que nos consome
Através das múltiplas atividades simultâneas,
Da necessidade de constante disponinilidade.

O produzir é um vício que nos impede
De perder tempo observando o mundo,
De nos encantarmos com o que leva tempo.

O produzir é um vício que exclui tudo
Que não se mede na escala da produtividade,
Aquilo que nos diferencia das máquinas.

Anúncios

Paz com as palavras

Mas que triste o dia,
Aquela hora ingrata,
Em que você procura
Em vão – não encontra –
As palavras corretas,
Mesmo as erradas,
Qualquer sequência
de emoções expostas,
Com ou sem ritmo,
Ou lógica, ou sentido sequer.
Não conseguir por pra fora
Toda essa angústia vocabular,
Essa náusea linguística,
Para tentar viver em
Paz com as palavras.
image

 

 

 

 

(Imagem: blog Crônicas da vida offline)